Publicidade

Publicidade

BARBARIDADE: Homem é preso por agredir e mutilar órgão sexual da namorada


O auxiliar de pedreiro Tiago Gomes Alves, de 27 anos, foi preso suspeito de agredir e mutilar a região genital da namorada, de 26 anos, em Goiânia, Goiás. A vítima foi mantida presa em casa por dois dias, sangrando, após a violência.

Laudo que analisou ferimentos descreve ato como "tortura bárbara". Ao ser apresentado pela polícia, nesta quinta-feira (29), o homem afirma que bateu na companheira por ter sido traído, mas nega mutilação.

"O Tiago bateu nela, colocou uma toalha ao redor da cabeça da vítima e deu vários chutes, cortou o cabelo dela e, por fim, a levou até o sofá onde mutilou a região genital da companheira", disse a delegada responsável pelo caso, Ana Elisa Gomes.

Ainda conforme a delegada, após a agressão, o suspeito fugiu e ficou escondido em casa de amigos. Ele foi preso ao se apresentar na delegacia. 

Fonte: Radar da Bahia

Top da Semana

Notícias