Publicidade

Publicidade

Trabalhador rural contribuirá por menos tempo e mulher terá idade mínima menor


Nesta quarta-feira (19), o relator da reforma da Previdência Social, o deputado Arthur Maia (PPS-BA), anunciou uma nova mudança na proposta, a qual beneficiará os trabalhadores rurais. Maia decidiu reduzir o tempo mínimo de contribuição para 15 anos.

Na proposta inicial, os trabalhadores rurais tinham que contribuir por 20 anos para ter acesso à aposentadoria. Para piorar, a proposta original do governo definia um tempo ainda maior, 25 anos de contribuição para ambos os sexos.

Além disso, haverá outra mudança, as mulheres que trabalham no campo poderão se aposentar a partir do 57 anos. A idade mínima para os homens pedirem a aposentadoria permaneceu em 60 anos.

Por: Erivaldo Oliveira,  São Gonçalo Alerta

Top da Semana

Notícias