Publicidade

Publicidade

Polícia Civil prende acusado de matar 10 pessoas em Feira de Santana e participar de chacina


Policiais civis da Delegacia de Homicídios de Feira de Santana prenderam um jovem acusado de matar pelo menos dez pessoas, na cidade. Segundo a polícia, Alisson de Oliveira Lima, o AL, que completou 18 anos no último dia 2 de março, foi preso na noite de quinta-feira (16), na Travessa Caravelas, Bairro Chácara São Cosme.

De acordo com o delegado Gustavo Coutinho, titular da DH, a prisão ocorreu após a namorada de 15 anos ser barbaramente espancada pelo acusado e pedir socorro pelo celular - quando conseguiu se trancar no banheiro. Os policiais foram ao local e o prenderam em flagrante pela Lei Maria da Penha.
Alisson foi encaminhado para a Delegacia de Atendimento a Mulher, onde foi autuado pela delegada Maria Clécia Vasconcelos, que representou pela prisão preventiva, decretada pela justiça criminal.

Em entrevista ao Acorda Cidade, o delegado informou que a garota foi ouvida na delegacia e resolveu falar tudo que sabia sobre o companheiro e contribuiu para a conclusão de investigações que estavam em andamento. O delegado informou que, diante das informações minuciosas, o acusado confessou os crimes de forma fria e até sorria enquanto relatava. O acusado disse ainda que recebia ordens de um detento do Conjunto Penal de Feira de Santana e que sempre praticava os crime na companhia de algum comparsa.


“Ele está envolvido na prática de homicídios confirmados aqui na DH e pelo depoimento prestado pela sua companheira, uma adolescente de 15 anos. Todos os crimes estavam sendo investigados pela Delegacia de homicídios. Já havia algumas provas contra ele, praticados quando era menor, mas precisávamos de depoimentos mais fores, com detalhes como dia e horário, e conseguimos ontem, com os depoimentos dela. Ela disse até quem participava dos delitos. Um deles foi no dia 5 de março, três dias após completar a maior idade”, disse.

A vítima foi João Vítor dos Santos Paixão, assassinada na Chácara São Cosme.

Alisson vai responder pela agressão, pelo homicídio praticado após completar 18 anos e pelos nove cometidos enquanto era menor de idade, mas a polícia suspeita que ele pode ter envolvimento em outros assassinatos e vai continuar com as investigações.

Um dos crimes em que ele é acusado de envolvimento, segundo o delegado, é o da chacina na Portelinha, ocorrido no dia 21 de agosto de 2016, quando ele e outros seis homens mataram cinco pessoas. O delegado também citou como vítimas, além de João Vítor dos Santos Paixão, citado anteriormente - todas mortas entre julho no ano passado e março deste ano: Jeferson França Souza, morto no dia 19 de julho, na Chácara São Cosme; Walace de Oliveira Torres, no dia 21 de agosto, na Rua Senador Quintino; Vera Lúcia Silva Alves, no dia 25 de setembro, na Praça da Paquera, bairro Jardim Acácia; e Jocivaldo Costa de Oliveira, no dia 19 de fevereiro deste ano, no bairro Tomba.

Por: Erivaldo Oliveira,  São Gonçalo Alerta
Fonte: Acorda Cidade

Top da Semana

Notícias