Publicidade

Publicidade

São Gonçalo dos Campos: Falso médico preso tem pedido de soltura negado pelo TJ-BA


Fabiano de Oliveira Campos, enfermeiro que assumiu o lugar do médico Paulo Roberto dos Santos como coordenador geral da emergência do Hospital Geral de São Gonçalo dos Campos em um esquema que movimentou R$ 360 mil por ano, teve um pedido de soltura negado pelo Tribunal de Justiça da Bahia. Ele foi preso preventivamente no último dia 2.

A defesa do acusado alegou que ele sofre "constrangimento ilegal" e considerou também ilegal a manutenção da prisão.

"Não há nos autos elementos que tragam a certeza da ilegalidade manifesta justificadora da possibilidade de uma inversão do status qual, já assegurado na prisão legal", argumentou a juíza plantonista Marivalda Almeida Moutinho, ao negar o pedido de habeas corpus.


Por: Erivaldo Oliveira, São Gonçalo Alerta
Fonte: Bocão News

Top da Semana

Notícias