Publicidade

Publicidade

Homem armado invade casa, mata ex-mulher, filho e mais dez em Campinas


Entre a noite de sábado e madrugada de domingo, durante uma festa de réveillon em família, pelo menos 12 pessoas morreram, incluindo uma criança. Outras quatro pessoas foram baleadas e levadas para hospitais da Cidade de Campinas, interior de São Paulo, uma vítimas, foi um idosa de 85 anos, que morreu durante a madrugada na Unicamp. Conforme a Polícia, um homem matou a ex-mulher, o filho de 8 anos e parentes. A chacina aconteceu pouco antes da meia-noite, o atirador, identificado como Sidnei, de 46 anos, se matou em seguida.

Conforme relato de testemunhas e a imprensa local, o atirador chegou em um carro pouco antes da meia-noite. Como o portão da casa estava trancado, ele pulou o muro e entrou na casa atirando em todas as pessoas. Dois adolescentes, de 15 e 17 anos, conseguiram escapar porque se esconderam no banheiro. O homem teria poupado apenas uma mulher que carregava um bebê no colo.

Segundo a Polícia, o casal estava separado há algum tempo e havia uma briga judicial pela guarda do menino de 8 anos.

Por: Erivaldo Oliveira,  São Gonçalo Alerta
Fonte: O Estadão



Top da Semana

Notícias