Publicidade

Publicidade

Deputados federais do Paraná querem que Moro assuma relatoria da Lava Jato no STF


Enquanto o sucessor do ministro Teori Zavascki no Superior Tribunal Federal (STF) não é definido, deputados federais do Paraná iniciaram um movimento de apoio à indicação do juiz Sergio Moro para ocupar o cargo.

De acordo com a Folha de S. Paulo, o coordenador da bancada, Toninho Wandscheer (Pros), pretende colher assinaturas entre os 30 deputados, a partir da próxima semana. Ao menos 10 já declararam apoio à iniciativa. "Seria um prêmio pelo que ele fez até aqui", declarou Wandscheer. "É um juiz imparcial, defende o que é direito e demonstrou conhecimento profundo da lei.

No Paraná, ele seria o melhor entre todos", defende o deputado. Wandscheer não vê como um problema o afastamento de Moro dos julgamentos dos processos da Lava Jato se ele vier a ocupar a cadeira de Zavascki. 

O parlamentar também ignora o impedimento de julgar a mesma causa no Supremo e em outra instância, como previsto no artigo 252 do Código de Processo Penal. "Está todo mundo ligado na questão da Lava Jato, mas nós não", minimiza o deputado. "Um ministro não é indicado para um momento. É para um mandato", complementa, acrescentando que essa é a defesa de "uma causa paranaense".

Por: Erivaldo Oliveira,  São Gonçalo Alerta
Fonte: BN

Top da Semana

Notícias