Publicidade

Publicidade

Amigos e familiares se despedem de Teori Zavascki: 'Um herói', diz Sérgio Moro


Amigos e familiares se despediram do ministro Teori Zavascki, morto em um acidente de avião, na última quinta-feira (19), em Paraty, no Rio de Janeiro. Durante a cerimônia do velório, na manhã deste sábado (21), na sede do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre, o juiz federal Sérgio Moro afirmou que Teori foi um "herói", por conta das dificuldades do processo de investigação da Operação Lava Jato, do qual ele era relator. 

"Vim prestar homenagem ao ministro Teori Zavascki, já me manifestei publicamente a respeito. Acredito que, pela qualidade, relevância e importância pelos serviços que ele prestava, e a situação difícil desses processos, pela importância desses processo, ele foi um verdadeiro herói. Há uma grande desolação da magistratura, todos que o conheciam, especialmente aqui da quarta região, onde ele fez carreira profissional", disse Moro, que teve seu breve pronunciamento interrompido por conta de problemas no microfone.


O velório de Teori teve início por volta das 8h (horário da Bahia). A cerimônia foi reservada para amigos e familiares, mas partir das 10h foi aberta ao público e imprensa. O sepultamento ocorrerá às 18h no Cemitério Jardim da Paz, também na capital gaúcha.

Além de Moro, a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, esteve presente. São esperados ainda metade dos ministros do Supremo e o presidente Michel Temer. A chegada de Temer está prevista para o meio dia. 

O corpo de O corpo de Teori Zavascki chegou à Base Aérea de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, por volta de 6h20, e foi acompanhado em um cortejo com familiares. Teori estava de férias e voava para a casa de praia do empresário Carlos Alberto Filgueiras, dono do grupo Emiliano e que também estava no avião no momento do acidente.
 

Além de Teori e Filgueiras, morreram Osmar Rodrigues (piloto do avião), Maira Lidiane Panas Helatczuk (massoterapeuta de Filgueiras) e Maria Ilda Panas (mãe de Maira). A Polícia Federal e o Mistério Público de Angra dos Reis Abriram inquéritos para apurar as causas do acidente.

Por: Erivaldo Oliveira,  São Gonçalo Alerta
Fonte: Correio24horas

Top da Semana

Notícias