Publicidade

Publicidade

Sobe para 19 o número de casos notificados da doença misteriosa em Salvador


Mais um caso da doença misteriosa, que causa fortes dores musculares nos pacientes, foi notificados à Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Até o meio-dia, 19 casos da doença haviam sido registrados, sendo que nove foram notificados na última quarta-feira por uma unidade hospitalar de Salvador em pessoas de três famílias diferentes.

Segundo a coordenadora municipal de Vigilância em Saúde, Isabel Guimarães, um boletim epidemiológico sobre a doença misteriosa foi emitido na sexta-feira a noite. "Com o alerta, solicitamos às unidades e a rede hospitalar que qualquer pessoa que desse entrada com mialgia súbita sem nenhuma causa aparente que fosse notificado e até o momento temos 19 pessoas que estão sendo investigadas". 

De acordo com ela, as equipes de trabalho estão checando por onde andaram os pacientes notificados e o que comeram. Em paralelo, estão sendo analisados os exames laboratoriais das amostras que foram coletadas dos pacientes. "Só após reunirmos todas essas informações é que vamos poder ter uma resposta mais definitiva em relação ao que realmente aconteceu, mas continuamos trabalhando com duas hipóteses: de que pode ser um vírus ou uma toxina".

Isabel disse que técnicos da vigilância epidemiológica, vigilância sanitária, diagnóstico laboratorial, outros órgãos de saúde estaduais e municipais, além de pesquisadores estão reunindo em um grupo de trabalho para investigar a doença misteriosa. Ainda segundo a coordenadora, não é possível prever quanto tempo a etapa de investigação vai demorar.

Em comum entre os registros divulgados na última sexta-feira está o peixe Olho de Boi, o Arabaiana, comprado na praia de Genipabu, em Guarajuba, no Litoral Norte da Bahia. As dores surgiram horas depois de os pacientes terem comido uma moqueca preparada com esse peixe.

Por: Erivaldo Oliveira,  São Gonçalo Alerta
Fonte: Correio24horas

Top da Semana

Notícias