Publicidade

Publicidade

Sérgio Moro pede licença de um ano para estudar nos Estados Unidos


O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela investigação da Operação Lava Jato, pediu licença da 13ª Vara Federal, de Curitiba, para passar um ano nos Estados Unidos estudando.

As informações foram dadas hoje pela jornalista Mônica Bérgamo, da Folha de S.Paulo, e antecipadas ontem pelo site Debate Progressista. Segundo a reportagem, interlocutores do juiz disseram que, no entanto, ele não irá se afastar antes do término da Lava Jato. Ele estaria planejando a viagem para o fim de 2018 ou o começo de 2019, coincidentemente no ano das próximas eleições presidenciais.

Moro também pediu afastamento da UFPR (Universidade Federal do Paraná), onde dá aulas de direito processual penal.

A informação foi confirmada pela secretária do departamento de ciências jurídicas da instituição, que, no entanto, não informou as razões do juiz para o pleito.

Questionado, Moro disse, por meio da assessoria de imprensa, que de fato pediu licença da universidade, mas que a iniciativa não está relacionada com eventuais estudos fora do país.

O comando da 13ª Vara Federal de Curitiba pode ser assumido pela juíza federal Gabriela Hardt caso Moro venha mesmo, no futuro, a se afastar do cargo.

Por: Erivaldo Oliveira,  São Gonçalo Alerta

Top da Semana

Notícias