Publicidade

Publicidade

Senado se posiciona contra aborto para grávidas com zika


Em meio a um intenso debate sobre os direitos da mulher e a defesa da vida, o Senado Federal se manifestou contrário à possibilidade de aborto para grávidas infectadas pelo vírus da zika.

Em manifestação encaminhada ao Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), por meio da Advocacia do Senado Federal, alega que o aborto nessas circunstâncias "diz respeito a um dissenso moral profundo", sobre o qual dificilmente os parlamentares vão adotar uma "uniformidade de posições".

Para o Senado, a "repulsa ao aborto está profundamente arraigada na cultura brasileira".

Por: Erivaldo Oliveira, São Gonçalo Alerta
Fonte: Bahia na Política

Top da Semana

Notícias